segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Curai os enfermos


Lucas 10.8,9: "E, em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos for oferecido. E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus."


Introdução

Jesus, em seu ministério, curou muitos enfermos como prova de seu amor e compaixão pelos necessitados e também para mostrar sua autoridade sobre o mal.

“E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos” (Mateus 14.14)

Um de seus últimos milagres foi a cura de Malco, servo do sumo sacerdote, cuja orelha fora cortada por Pedro, na ânsia de evitar que Jesus fosse preso.

“E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe a orelha direita. E, respondendo Jesus, disse: Deixai-os; basta. E, tocando-lhe a orelha, o curou.” (Lucas 22.50,51)

Jesus afirmou que a cura de enfermos seria um dos sinais que acompanhariam os que cressem.

“E estes sinais seguirão aos que crerem... e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” (Marcos 16.17,18)


1 - Curai os enfermos NO ESPÍRITO

Certa vez, quatro homens levaram seu amigo, um paralítico, para ser curado por Jesus. No entanto, antes que Jesus curasse seu corpo ou sua alma, curou seu espírito.

“E eis que lhe trouxeram um paralítico, deitado numa cama. E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.” (Mateus 9.1,2)

Para que nosso espírito esteja saudável ele deve estar em sintonia constante com o Espírito de Deus.

O perdão dos pecados traz paz ao nosso ser porque recebemos a alegria da salvação e o Espírito Santo passa a habitar em nós.

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.” (Salmos 51.10-12)


2 - Curai os enfermos NA ALMA

Muitas pessoas vão aos médicos, psicólogos e terapeutas, mas não conseguem encontrar a cura para seus males. São pessoas que estão enfermas na alma.

Pecados não confessados, perdão não liberado, inveja, ciúmes e mágoas geram feridas na alma causando síndrome do pânico, complexos de inferioridade, depressão, e outros males que só Jesus pode curar.

“O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração” (Lucas 4.18)


3 - Curai os enfermos NO CORPO

Nós, não pregamos contra a Medicina, Psicologia ou outra ciência terapêutica, nem dizemos às pessoas que deixem de usar medicamentos.

Dietas e receituários médicos devem ser obedecidos. Tratamentos devem ser seguidos à risca para o nosso próprio bem.

Lembre-se que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo.

“Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.” (1 Coríntios 3.17)

Lucas, um dos evangelistas, o qual também escreveu o Livro de Atos, era médico.

“Saúda-vos Lucas, o médico amado” (Colossenses 4.14)

O apóstolo Paulo, no fim de sua vida, precisou dos cuidados médicos de Lucas.

“Só Lucas está comigo.” (2 Timóteo 4.11)

Paulo ainda recomendou que Timóteo usasse um pouco de vinho para tratar as enfermidades no estômago.

“Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades.” (I Timóteo 5.23)

O rei Ezequias, sentenciado de morte, clamou ao Senhor e teve sua vida prolongada por mais 15 anos. A cura de sua ferida se deu por meio de um medicamento natural.

“Disse mais Isaías: Tomai uma pasta de figos. E a tomaram, e a puseram sobre a chaga; e ele sarou.” (2 Reis 20.7)

No entanto, em casos perdidos para Medicina ou para a Psicologia, ou ainda em situações específicas, cremos na cura pelo poder do nome de Jesus e como manifestação dos dons de curar.

“E [Pedro] achou ali certo homem, chamado Enéias, jazendo numa cama havia oito anos, o qual era paralítico. E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou.” (Atos 9.33,34)


Conclusão

Cremos que o poder de Jesus não mudou. Basta que tenhamos fé e tomemos a atitude certa, baseada em sua Palavra.

“Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” (Hebreus 13.8)

Portanto ide e… CURAI OS ENFERMOS em nome de JESUS!!!

Nenhum comentário: