Deus sempre cumpre o que promete

“Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não confirmaria” (Números 23:19).

A Bíblia Sagrada contém mais de 8 mil promessas. A maioria delas já se cumpriu, pois apenas aquelas associadas aos eventos escatológicos ainda aguardam o seu desencadear, mediante o Arrebatamento da Igreja.
Desde a primeira promessa – a da primeira vinda de Jesus, para esmagar a cabeça da serpente (Gênesis 3:15) – até a última – a da segunda vinda de Jesus, para arrebatar os salvos (Apocalipse 22:20) – constatamos um dos atributos imanentes de Deus, a fidelidade, sempre cumprindo o que diz.
O cristão não vive por vista, mas por fé em Deus e em suas promessas (Habacuque 2:4; Romanos 1:17; 2 Coríntios 5:7; Gálatas 3:11). Nossa esperança está firmada nAquele que é fiel.
Não é a toa que Abraão é chamado de “amigo de Deus” e “pai da fé”. Sua confiança nas promessas de Deus é resumida por Paulo: “E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, e estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer” (Romanos 4:19-21).
Se o Senhor lhe prometeu algo, esteja certo de que ele o fará, pois nosso Deus é fiel e não pode negar-se a si mesmo (2 Timóteo 2:13). Tenha fé, cultive a esperança e descanse nAquele que é poderoso para suplantar nossas melhores expectativas.

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Deus,
Confio em tua fidelidade e tenho certeza de que cumprirás todas as tuas promessas para comigo.
Ajuda-me a descansar em Ti e permitir o Teu trabalhar em meu caráter a fim de me preparar para receber as bênçãos que tens reservados a todos quantos te amam.
Em nome de Jesus, amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A morte vicária de Jesus

Escola Dominical: metodologia e desenvolvimento

O jovem cristão e a vocação missionária